top of page
  • Foto do escritorRedação Europa

A Škoda Auto reforça a sua posição no mercado europeu

A Škoda Auto reforça a sua posição no mercado europeu

A Škoda Auto iniciou 2024 com sólidos resultados financeiros e de vendas. A Škoda Auto entregou 220.500 veículos em todo o mundo (+5,2%), enquanto as encomendas continuam a ser promissoras. O retorno sobre as vendas (RoS) permanece robusto em 8,1%. O fluxo de caixa líquido atingiu 457 milhões de euros (+10,7%). No primeiro trimestre, as receitas de vendas registaram uma ligeira descida de 3,2%, totalizando 6.574 milhões de euros em relação ao ano anterior, com um resultado operacional de 535 milhões de euros, ou seja, uma diminuição de 1,3%, o que se deveu em parte, segundo a marca, ao aumento dos custos dos materiais.


Na Alemanha, o maior mercado individual da Škoda Auto, a marca entregou 43.500 automóveis entre janeiro e março, mais 3.300 unidades do que no ano anterior. A Polónia e a Irlanda ficaram em segundo e terceiro lugar no crescimento das vendas. O Octavia continua a ser o modelo mais vendido da marca, com 61.200 unidades entregues (+36%). A produção da versão atualizada começou no início de abril na fábrica principal de Mladá Boleslav. Para além disso, o modelo Enyaq totalmente elétrico registou entregas globais de 14.000 unidades, um aumento de 12,3% em comparação com o mesmo período de 2023.


Klaus Zellmer, CEO da Škoda Auto, afirma: "A Škoda Auto apresentou uma performance sólida no primeiro trimestre, demonstrando, mais uma vez, um modelo de negócio robusto assente em produtos atrativos e adaptados ao quotidiano dos nossos clientes. Após os desafios dos últimos anos, estamos a assistir a uma procura sustentada por parte dos clientes e a manter a nossa capacidade de entrega. Embora o futuro seja cada vez mais elétrico, mantemos os nossos modelos ICE e híbridos que, em conjunto, proporcionam aos clientes a liberdade de escolha durante esta era de transição. Esta estratégia, centrada no cliente, ajudar-nos-á a aumentar a nossa quota de mercado na Europa, enquanto crescemos em novos mercados internacionais na Ásia e no Médio Oriente.”

 

Holger Peters, membro do Conselho de Administração da Škoda Auto de Finanças, TI e Assuntos Jurídicos, afirma: "Após um ano recorde em 2023, iniciámos o primeiro trimestre de 2024 em terreno muito sólido. Com um lucro operacional de 535 milhões de euros nos primeiros três meses, mantivemos com sucesso a nossa performance em níveis próximos aos do ano anterior, com receitas que chegaram aos 6.574 milhões de euros. Adicionalmente, registámos um aumento de 10,7% no fluxo de caixa líquido, atingindo os 457 milhões de euros. Estes resultados permitem-nos financiar os investimentos futuros com recursos próprios. Só no primeiro trimestre, investimos 443 milhões de euros (+2,3%), uma grande parte dos quais foi canalizada para produtos futuros."

A Škoda Auto reforça a sua posição no mercado europeu

 

Martin Jahn, membro do Conselho de Administração da Škoda Auto de Vendas e Marketing, acrescenta: "A nossa performance tem sido particularmente forte nos mercados europeus. A Alemanha liderou o setor com o maior aumento absoluto de vendas de 3.300 unidades. Seguiram-se de perto a Polónia e a Irlanda, onde também registámos ganhos significativos na quota de mercado, aproximando-nos da marca dos 11% em ambos os países. O Octavia continua a ser o nosso bestseller e, ao mesmo tempo, somos encorajados pelo crescente interesse na nossa família de modelos Enyaq totalmente elétricos. Nos primeiros três meses deste ano, entregámos aos clientes mais 12,3% de modelos Enyaq do que no mesmo período do ano passado."

Forte desempenho na Europa: aumento da quota de mercado global

A Škoda Auto aumentou a sua quota de mercado global na Europa para mais de 5% nos primeiros três meses do ano. A Alemanha continuou a ser o maior mercado individual da Škoda Auto em todo o mundo no primeiro trimestre de 2024, com 43.500 veículos entregues, o que corresponde a um aumento de 8,3% em relação ao mesmo período do ano passado e representa o maior aumento em números absolutos em todo o mundo (+3.325 veículos). A marca aumentou a sua quota de mercado na Alemanha em comparação com o ano anterior para 6,3% (2023: 6,0%). A República Checa, país de origem da Škoda, é o seu segundo mercado mais forte, tendo o fabricante de automóveis entregue cerca de 20.300 veículos no primeiro trimestre de 2024 (+0,5%), mantendo uma clara posição de liderança com uma quota de mercado de 35,2%. O Reino Unido é o terceiro maior mercado da Škoda, com as entregas a aumentarem quase 9% em termos homólogos para 18.400 veículos de janeiro a março. Os dez principais mercados da marca no primeiro trimestre incluem também a Polónia (15.000 unidades; +15,3%), Turquia (10.200 unidades; +14,5%), Itália (9.600 unidades; +13,7%), França

Comments


300.250.png
Pottenza Global Consulting
bottom of page