top of page
  • Foto do escritorRedação Europa

Clássicos: Quatro obras-primas históricas da Lamborghini no Concorso d'Eleganza Villa d'Este

Clássicos: Quatro obras-primas históricas da Lamborghini no Concorso d'Eleganza Villa d'Este

Uma lista significativa de modelos clássicos da Lamborghini participou no Concorso d'Eleganza Villa d'Este 2024.  A competição deste ano, que decorre desde 1929 e é atualmente uma das mais antigas e célebres do mundo, acolheu quatro automóveis produzidos em Sant'Agata Bolognese, confirmando a crescente atenção que os automóveis clássicos da Lamborghini têm merecido. Um Miura P400 de 1967 esteve em exposição em Cernobbio na Classe D, intitulada “Faster! The Arms Race On The Road", e a Classe H, intitulada “Need for Speed: Supercar Stars of The Video Generation”, incluía um Countach LP 400 de 1976, um Countach 25th Anniversary e um Diablo GT de 1999. A seleção abrangeu um período de mais de trinta anos, envolvendo todos os modelos mais icónicos com motor V12 produzidos nesse período. É também a primeira vez que o jovem Diablo é apresentado em Villa d'Este, confirmando a crescente valorização deste modelo como um automóvel clássico e procurado pelos colecionadores.


“É importante salientar que em Villa d'Este, dos quatro Lamborghini apresentados, um já recebeu o Certificado de Autenticidade do Polo Storico e dois estão atualmente em vias de o obter”, disse Alessandro Farmeschi, Diretor de Pós-Venda da Lamborghini. “Tal demonstra como o trabalho realizado pelos nossos especialistas está a ser cada vez mais apreciado pelos colecionadores. Também vale a pena mencionar que é graças aos arquivos do Polo Storico, o nosso departamento interno responsável pela gestão de toda a história da Lamborghini, que podemos verificar com certeza a condição dos nossos carros, desde o primeiro 350 GT até ao último Diablo produzido em 2001; podemos certificar se a sua condição atual é a mesma de quando foi entregue pela primeira vez e reconstruir a sua história”.

De salientar o sucesso alcançado pelo Countach LP400, premiado pelo júri pelo seu V12 com o troféu “il Canto del Motore” para o melhor som, e o Diablo GT, que, na sua estreia como modelo no concurso de Villa D'Este, ganhou o troféu “BMW Group Ragazzi”. Durante o dia de abertura ao público, o Diablo foi votado como o carro mais icónico do concurso pelo público com menos de 16 anos.

Clássicos: Quatro obras-primas históricas da Lamborghini no Concorso d'Eleganza Villa d'Este

Cada um dos quatro automóveis apresentados pelos seus proprietários no Concorso d'Eleganza Villa d'Este tem uma história única e fascinante que merece ser contada.


Lamborghini Miura P400 (1967)

O Miura foi apresentado em 1966 e era tão extraordinariamente inovador no seu estilo, soluções mecânicas e características de performance que, para o definir, os jornalistas tiveram de inventar uma nova palavra: supercarro. O Miura P400 de dezembro de 1967 em competição em Villa d'Este foi originalmente enviado para os Estados Unidos, vendido no mercado local através do concessionário Bob Estes, sediado na Califórnia.  Com a pintura Rosso Miura (vermelho) no exterior e cor Nero (preto) no interior, o veículo acaba de ser sujeito a um restauro completo pelo seu proprietário, que também solicitou que o carro fosse certificado pelo Polo Storico Lamborghini, que está agora a tratar do pedido.

Clássicos: Quatro obras-primas históricas da Lamborghini no Concorso d'Eleganza Villa d'Este
Clássicos: Quatro obras-primas históricas da Lamborghini no Concorso d'Eleganza Villa d'Este

Lamborghini Countach LP 400 (1976)

O Countach é um dos modelos mais emblemáticos da Lamborghini, produzido em cinco séries principais até 1990: LP 400, LP400 S, LP500S, LP 5000 Quattrovalvole e 25th Anniversary. Entregue em 24 de dezembro de 1976, através do concessionário milanês Achilli Motors, o Countach LP 400 em exposição em Villa D'Este é um dos mais reconhecíveis devido à sua combinação de cores original de Viola (púrpura) com interior Bianco (branco). Esta unidade, com o seu V12 Lamborghini, foi premiado no sábado, 25 de maio, pelo júri do Concorso di Villa D'Este com o troféu “il Canto del Motore” para a melhor sonoridade.

Clássicos: Quatro obras-primas históricas da Lamborghini no Concorso d'Eleganza Villa d'Este
Clássicos: Quatro obras-primas históricas da Lamborghini no Concorso d'Eleganza Villa d'Este

Lamborghini Countach 25th Anniversary (1990)

O Countach 25th Anniversary foi criado em 1988 para celebrar os primeiros 25 anos da Automobili Lamborghini e foi a versão do Countach produzida em maior número de unidades. Lançado a 27 de fevereiro e entregue a 27 de março de 1990 no concessionário Portman em Londres, o Countach 25th Anniversary que compete na categoria H deste ano é um dos poucos automóveis desta série produzidos com volante à direita. Apresenta uma combinação de cores especial com o exterior em “Arancio 1120106” (laranja) e o interior em Champanhe. A cor exterior por si só torna-o único, uma vez que foi criado para o seu primeiro proprietário que queria que fosse da mesma cor que o seu primeiro Countach, um LP400 na cor Arancio (laranja). Mas como esta cor não foi oferecida para o Countach 25th, foi recriada para o proprietário e renomeada com o VIN do seu primeiro carro. Assim, existe apenas um Countach 25th nesta cor. O carro percorreu poucos quilómetros, nunca foi restaurado e foi recentemente certificado pela Polo Storico.

Clássicos: Quatro obras-primas históricas da Lamborghini no Concorso d'Eleganza Villa d'Este
Clássicos: Quatro obras-primas históricas da Lamborghini no Concorso d'Eleganza Villa d'Este

Lamborghini Diablo GT (1999)

Apenas oitenta Diablo GT foram produzidos em série. O GT teve origem na combinação de muitas das soluções utilizadas na versão de competição GT2, montadas na base do modelo de produção do Diablo para criar um automóvel com uma performance extraordinária. Não é coincidência que, na altura da sua apresentação em março de 1999, o Diablo GT fosse o automóvel de produção mais rápido do mundo, com uma velocidade máxima de 346 km/h. O Diablo GT que competiu em Villa d'Este, o número seis de 80, foi produzido a 18 de novembro de 1999 e entregue ao seu primeiro proprietário através da Touring Auto em Milão. A sua combinação de cores original, ainda presente, é Titanium Silver com interior em Alcantara Blu (azul) e asa em fibra de carbono. Também foi especificado com as opcionais relações de transmissão curtas (17/43) e capaz de receber autorrádio e câmara traseira. O carro está a meio do processo de análise pelo Polo Storico Lamborghini para obter a Certificação de Autenticidade. O Diablo, que esteve presente na competição pela primeira vez, foi galardoado com o troféu “BMW Group Ragazzi” em Villa Erba.

Comments


300.250.png
Pottenza Global Consulting
bottom of page