top of page
  • Foto do escritorRedação Europa

CPR: Início do asfalto pode trazer mais emoção entre os portugueses

 José Pedro Fontes (Citroen C3 Rally2)
José Pedro Fontes (Citroen C3 Rally2)

O Rali de Castelo Branco, no próximo fim de semana (21/22 junho), marca o início da fase de asfalto do Campeonato de Portugal de Ralis (CPR) e, em simultâneo, a entrada na segunda metade de uma época que tem sido dominada em absoluto por Kris Meeke (Hyundai i20 N Rally2). Face à superioridade evidenciada nas provas anteriores, não é expectável, exceto por eventuais contratempos insanáveis, a perda do monopólio de vitórias do piloto do Team Hyundai Portugal. Mesmo acidentado nas duas últimas provas do CPR – no Qualifying do Rali Terras D’Aboboreira e depois na última etapa do Vodafone Rally de Portugal, que já não contava para o CPR –, Meeke passou incólume entre os ‘pingos da chuva’, ao conquistar a pontuação máxima em ambas.


Perante o bom momento do piloto britânico, as atenções centram-se, mais do que nunca, na ansiada reação de José Pedro Fontes (Citroen C3 Rally2) em busca de bons resultados no tipo de piso em que se sente como peixe na água. O piloto da Sports & You deverá estrear na prova albicastrense as últimas evoluções do C3, ficando, teoricamente, melhor posicionado para rivalizar com Armindo Araújo (Skoda Fabia RS Rally2) a discussão do lugar de melhor português.


Kris Meeke (Hyundai i20 N Rally2)
Kris Meeke (Hyundai i20 N Rally2)

Araújo tem feito uma época notável, afirmando-se desde a prova de abertura, em Fafe, como o adversário mais próximo de Kris Meeke e apenas no Vodafone Rally de Portugal deixou escapar a segunda posição para Fontes, já na derradeira classificativa, para o que também terá contribuído uma momentânea falha do motor do Skoda. O início de época do piloto da Citroen, mesmo não sendo os pisos de terra a sua zona de conforto, esteve longe de corresponder a nível de resultados, embora para tal também contribuíssem alguns contratempos mecânicos.


Mas se Fontes andou algo longe do ritmo dos primeiros nas provas de terra, a trajetória do campeão nacional em título, Ricardo Teodósio (Hyundai i20 N Rally2) foi ainda pior, e o acidente sofrido em Amarante acabou por ser o corolário da falta de confiança em alguns momentos, quando não “sentia” o carro a seu jeito em função das condições das classificativas. Deixando para trás os problemas dos últimos meses, o piloto algarvio inicia o primeiro rali de asfalto desta época focado em conquistar os resultados de que é capaz e com vontade de dar espetáculo, imiscuindo-se na luta pelos primeiros lugares.


O jovem Pedro Almeida (Skoda Fabia Rally2 evo) não deixará de espreitar a disputa de um lugar no pódio, numa prova em que vai ser interessante seguir o desempenho do regressado João Barros (VW Polo GTI R5), bem como de Ernesto Cunha (Skoda Fabia Rally2 evo), e se registam as ausências de Pedro Meireles (Hyundai i20 N Rally2), de Lucas Simões (Ford Fiesta R5) e de Paulo Neto (Skoda Fabia Rally2 evo), estes dois últimos acidentados na prova portuguesa do WRC.


Armindo Araújo (Skoda Fabia RS Rally2)
Armindo Araújo (Skoda Fabia RS Rally2)

Não menos aliciante, com toda a certeza, antevê-se a discussão pela primazia no campeonato 2RM (duas rodas motrizes) nesta quinta prova da temporada, à partida da qual Gonçalo Henriques (Renault Clio Rally4) e Hugo Lopes (Peugeot 208 Rally4) surgem separados por um ponto e já com uma vantagem acentuada em relação a Pedro Silva (18 pontos), que desta vez corre “em casa”, e a Ricardo Sousa (21), enquanto o ucranaino Anton Korzun, quinto classificado, soma menos 24 pontos.


CLASSIFICAÇÕES/CAMPEONATO DE PORTUGAL DE RALIS


Absoluto: 1º, Kris Meeke, 112 pontos; 2º, Armindo Araújo, 84; 3º, Ernesto Cunha, 42; 4º, Paulo Neto, 38; 5º, José Pedro Fontes, 37; 6ºs, Lucas Simões e Pedro Almeida, 32; 8º, Ricardo Teodósio, 28; 9ºs, Rúben Rodrigues e Ricardo Filipe, 18; 11ºs, Pedro Meireles e Hugo Lopes, 12.


2RM: 1º, Gonçalo Henriques, 56 pontos; 2º, Hugo Lopes, 55; 3º, Pedro Silva, 38; 4º, Ricardo Sousa, 35; 5º, Anton Korzun, 32; 6º, Pedro Pereira, 30; 7º, Paulo Roque, 27; 8º, Guilherme Meireles, 24; 9ºs, Kevin Saraiva, João Andrade e Hélder Miranda, 22; 12º, Diogo Marujo, 21.

 

PROGRAMA/HORÁRIO

 

SEXTA-FEIRA (21 junho)

Free Pratice – Aeródromo Municipal (3,30 km)                                 09:00

Qualifying Stage – Aeródromo Municipal (3,30 km)                         10:00

Shakedown – Aeródromo Municipal (3,30 km)                                  10:45/12:30

Partida (Docas)                                                                                               15:00

Assistência (Campo da Feira)                                                              15:08/15:23

PEC 1 – Caféde-Juncal do Campo 1 (7,55 km)                                     15:46

PEC 2 – Chão da Vã-Sarzedas 1 (18,10 km)                                          16:24

PEC 3 – Caféde-Juncal do Campo 2                                                          17:47

Reagrupamento (Docas)                                                                        18:37/20:00

PEC 4 – Super Especial Reconquista A (2,50 km)                21:03

PEC 4 – Super Especial Reconquista B (2,50 km)                21:21

Assistência (Campo da Feira)                                                                     21:41/22:26

Final (Parque Fechado nas Docas)                                                           22:41

 

SÁBADO (dia 22)

Partida do Parque Fechado (Docas)                                                        08:30

Assistência (Campo da Feira)                                                                     08:38/08:53

PEC 5 – Vila Velha de Ródão 1 (5,42 km)                                               09:56

PEC 6 – Foz do Cobrão (9,25 km)                                                             10:24

Reagrupamento (Portas de Ródão)                                                        10:59/12:00

PEC 7 – Vila Velha de Ródão 2                                                                   12:13

Reagrupamento (Docas)                                                                          13:08/14:30

Assistência (Campo da Feira)                                                                 14:38/14:53

PEC 8 – Stº André das Tojeiras 1 (13,29 km)                                        15:56

PEC 9 – Chão da Vã-Sarzedas 2                                                                 17:09

PEC 10 – Stº André das Tojeiras 2                                                            18:12

Reagrupamento (Docas)                                                                       19:07/20:00

Assistência (Campo da Feira)                                                                     20:15/20:45

PEC 11 – Castelo Branco -Power Stage (6,56 km)                              21:03

Final (Docas)                                                                                                    21:18

Comments


300.250.png
Pottenza Global Consulting
bottom of page