top of page
  • Foto do escritorRedação Europa

CPR: Quarta vitória de Kris Meeke, desta vez no Vodafone Rally de Portugal

CPR: Quarta vitória de Kris Meeke, desta vez no Vodafone Rally de Portugal

Quarta prova e quarta vitória de Kris Meeke (Hyundai i20 N Rally2) no Campeonato de Portugal de Ralis (CPR), ao assegurar a primeira posição, esta sexta-feira, no Vodafone Rally de Portugal depois de cumpridas as primeiras 9 classificativas da prova e com uma vantagem de 1m24s para José Pedro Fontes (Citroen C3 Rally2). Meeke esteve sempre na liderança e fez uma gestão perfeita da sua corrida, sobretudo na parte final da jornada, de modo a assegurar um novo sucesso. A grande surpresa, contudo, no que respeita aos lugares do pódio, estava reservada para a derradeira classificativa, que era também a Power Stage (Mortágua 2), na qual o piloto da Citroën tirou Armindo Araújo (Skoda Fabia RS Rally2), surpreendido pela súbita falta de rendimento do motor originada por um problema elétrico.


Fontes e Araújo travaram um interessante despique pelo segundo lugar que ainda teve a intromissão de Ricardo Teodósio (Hyundai i20 N Rally2), mas este acabaria, devido a problemas de direção assistida causados por uma pedra, por perder bastante tempo e cair até à décima posição final. Pedro Almeida (Skoda Fabia Rally2 evo), sem argumentos para interferir naquela discussão, manteve sempre uma margem de segurança face a Ernesto Cunha (Skoda Fabia Rallya2 evo) e a Paulo Neto (Skoda Fabia Rally2 evo), que chegaram a ter entre eles o jovem Lucas Simões (Ford Fiesta R5), piloto que acabou por abandonar na primeira passagem por Góis, após um espetacular capotamento.


CPR: Quarta vitória de Kris Meeke, desta vez no Vodafone Rally de Portugal

No campeonato 2RM (duas rodas motrizes), Gonçalo Henriques (Renault Clio Rally4) assumiu cedo a liderança face a Hugo Lopes (Peugeot 208 Rally4), que se manteve por perto até ser forçado a abandonar, com o eixo da roda traseira direita partido. A partir de então, Hélder Miranda (Peugeot 208 Rally4) não mais cedeu o segundo lugar e se Rafael Cardeira (Peugeot 208 Rally4) ainda esteve na luta pelo pódio, também acabou por ser forçado a desistir, tal como sucedeu a Kevin Saraiva (Renault Clio Rally4). E os problemas sentidos por Pedro Silva (Peugeot 208 Rally4) em Arganil 1 abriram a porta à ascensão do ucraniano Anton Korzun (Peugeot 208 Rally4) ao terceiro lugar.


O CPR entra, a partir de agora, na sua fase de provas de asfalto e a próxima etapa, a quinta da temporada, será o Rali de Castelo Branco (21/22 junho).

 

CPR: Quarta vitória de Kris Meeke, desta vez no Vodafone Rally de Portugal

Classificação final (oficiosa após PEC 9)

Absoluta

1º, Kris Meeke/Stuart Loudon (Hyundai i20 N Rally2), 1h32m24.7s

2º, José Pedro Fontes/Inês Ponte (Citroen C3 Rally2), a 1m24.0s

3º, Armindo Araújo/Luís Ramalho (Skoda Fabia RS Rally2), a 1.33.3

4º, Pedro Almeida/Mário Castro (Skoda Fabia Rally2 evo), a 2.42.7

5º, Ernesto Cunha/Rui Raimundo (Skoda Fabia Rally2 evo), a 4.32.8

6º, Paulo Neto/Nuno Mota Ribeiro (Skoda Fabia Rally2 evo), a 5.44.4

7º, Gonçalo Henriques/Inês Veiga (Renault Clio Rally4), a 11.10.6

8º, Hélder Miranda/Vítor Pereira (Peugeot 208 Rally4), a 14.2.0

9º, Anton Korzun/Pavlo Kononov (Peugeot 208 Rally4), a 14.35.2

10º, Ricardo Teodósio/José Teixeira (Hyundai i20 N Rally2), a 17.46.9

 

2RM

1º, Gonçalo Henriques/Inês Veiga (Renault Clio Rally4), 1h42m35.3s

2º, Hélder Miranda/Vítor Pereira (Peugeot 208 Rally4), a 3.01.4

3º, Anton Korzun/Pavlo Kononov (Peugeot 208 Rally4), a 3.24.6

4º, Pedro Silva/Fábio Santos (Peugeot 208 Rally4), a 6.37.0

 

CAMPEONATOS

Absoluto (classificação oficiosa após 4 provas)

1º, Kris Meeke, 112 pontos; 2º, Armindo Araújo, 84; 3º, Ernesto Cunha, 42; 4º, Paulo Neto, 38; 5º, José Pedro Fontes, 37; 6ºs, Lucas Simões e Pedro Almeida, 32; 8º, Ricardo Teodósio, 30; 9ºs, Rúben Rodrigues e Ricardo Filipe, 18; 11ºs, Pedro Meireles e Hugo Lopes, 12.

2RM (classificação oficiosa)

1º, Gonçalo Henriques, 56 pontos; 2º, Hugo Lopes, 55; 3º, Ricardo Sousa, 35; 4º, Anton Korzun, 32; 5º, Pedro Pereira, 30.

Comments


300.250.png
Pottenza Global Consulting
bottom of page