top of page
  • Foto do escritorRedação Europa

Fórmula E: Maximilian Günther e a Maserati vencem no Japão

Fórmula E: Maximilian Günther e a Maserati vencem no Japão

A Maserati MSG Racing garantiu a vitória no E-Prix de Tóquio de 2024, com Maximilian Günther a vencer a corrida de estreia do Japão no Campeonato do Mundo de Fórmula E da FIA.


Max, que entrou no fim de semana em boa forma depois de mostrar uma forte recuperação em São Paulo duas semanas antes, mostrou ritmo competitivo durante os treinos e ficou em terceiro no TL1 e TL2.


Na qualificação, o jovem de 26 anos continuou a extrair o máximo do seu carro, ao estabelecer o melhor tempo no Grupo B, garantindo o seu lugar nas fases de duelo.


Ao derrotar Pascal Wehrlein, da Porsche, nas quartas de final, Max enfrentou Sergio Sette Camara na penúltima etapa, mas venceu o piloto da ERT no confronto direto para disputar a final.


Na final, Max disputou a posição com Oliver Rowland, mas perdeu a pole position por apenas 0,021 segundos para largar em segundo. Enquanto isso, seu companheiro de equipe, Jehan Daruvala, se classificou em 17º para a quinta corrida de sua carreira na Fórmula E.


Começando do lado sujo do circuito, Max infelizmente perdeu o segundo lugar para Edoardo Mortara, enquanto Jehan executou uma volta de abertura limpa, calculada e oportunista para recuperar terreno.


À medida que a corrida evoluiu, Max rapidamente estabeleceu um ritmo, mas aproveitou sua estratégia de Modo de Ataque a seu favor, ultrapassando Mortara e Rowland para subir à liderança antes de fazer sua primeira ativação na volta 14.

Fórmula E: Maximilian Günther e a Maserati vencem no Japão

Max voltou à corrida em terceiro, mas com o benefício da potência extra, ultrapassou Mortara na pista e partiu para perseguir Rowland, embora um Safety Car na volta 20 – acionado para tirar destroços da pista – neutralizou a corrida até a volta 22.


Depois de retomar a busca pela liderança após o reinício, Max conseguiu uma ultrapassagem crucial sobre Rowland na volta 25 e construiu uma distância grande o suficiente sobre o britânico para assumir seu modo de ataque final sem sacrificar a posição na pista.


Apesar de enfrentar uma pressão crescente nas fases finais, Max manteve a liderança até à bandeira quadriculada para garantir a quinta vitória da sua carreira na Fórmula E e a segunda da marca Maserati desde que ingressou na categoria totalmente elétrica na 9ª temporada.


Com 48 pontos marcados nesta temporada, Max ocupa o quinto lugar no Campeonato Mundial de Pilotos, enquanto a Maserati MSG Racing ocupa o sétimo lugar na classificação por equipes, ultrapassando a atual campeã Envision Racing.


A 10ª temporada da Fórmula E será retomada de 13 a 14 de abril de 2024, para o E-Prix inaugural de Misano – a corrida caseira do Tridente na Itália.

Kommentare


300.250.png
Pottenza Global Consulting
bottom of page