top of page
  • Foto do escritorRedação Europa

Mês de Maio tem queda de 2,5% nos registos de veículos novos em relação a 2023

Mês de Maio tem queda de 2,5% nos registos de veículos novos em relação a 2023

De acordo com dados da Jato Dynamics para 28 países europeus, os registos de automóveis novos de passageiros totalizaram 1.087.699 unidades em maio – uma queda de 2,5% em comparação com o mesmo mês do ano passado. Contudo, permaneceram superiores a maio de 2022 e 2021, quando o total de unidades totalizou para 943.405 e 1.082.934, respectivamente.


Felipe Munoz, Analista Global da Jato Dynamics, comentou:

“Desde a pandemia global, o mercado automóvel europeu recuperou apenas 75%-80% do seu tamanho original. Como resultado, muitas fábricas em toda a Europa não operam a capacidade total, ampliando a oportunidade única para veículos fabricados na China de vender em toda a Europa”

Esta redução é parcialmente explicada por uma queda de 10% nos registros de veículos elétricos a bateria (BEVs) e veículos híbridos plug-in (PHEV). Os registros desses veículos caíram de 250.530 em maio de 2023 para 226.665 em maio de 2024.


Já os totalmente elétricos BEVs registaram o maior declínio, caindo 11% para 151.237 unidades, enquanto os PHEVs tiveram uma queda de 7%.


Munoz, acrescentou: “Este resultado negativo vem como resultado de altos preços de BEV e PHEV – com esses carros a estarem ainda inacessíveis para as massas.”

Apesar disso, alguns modelos BEV continuaram a ter um bom desempenho mês passado. A BMW continuou a ganhar força com seu iX1, assim como os novos i5 e iX2. O volume de BEV da marca foi aproximadamente 1,6 vezes superior a todos os modelos elétricos registados pela Audi ou Mercedes. A Volvo conquistou o terceiro lugar entre os BEVs mais vendidos em maio e no acumulado do ano com o EX30.


BEVs fabricados na China ganham força

No mês passado, os registos de veículos elétricos fabricados na China aumentaram 25% em termos anuais, atingindo quase 28.000 unidades.


Munoz, continuou: “O Volvo EX30 é apenas um exemplo de veículo fabricado na China que está a ter um desempenho extremamente bom em toda a Europa.”

Em contraste, os veículos eléctricos fabricados fora da China registaram um declínio de 16% de novas matrículas.


Munoz, observou: “No mês passado, a participação de mercado dos BEVs fabricados na China saltou de 13,2% para 18,5% em comparação com 2023. É impressionante que dois modelos fabricados na China garantiram um lugar entre os cinco BEVs mais vendidos da Europa em maio. Este aumento nos registros provavelmente ocorre em antecipação às tarifas iminentes da Comissão Europeia.”

Volvo, BYD e Smart tiveram os aumentos mais significativos nos registros de BEV, enquanto MG, BMW, Dacia e Polestar perderam terreno.


Modelos mais vendidos em Maio (em relação a Maio de 2023)


O modelo mais vendido em Maio, no mercado total dos 28 países europeus analisados pela consultoria, a Volkswagen teve os dois modelos mais registados, com o líder Volkswagen R-Roc, totalizando 20.387 unidades e um crescimento de 11% em relação a maio de 2023.


Destaque para o Golf, segundo modelo mais vendido, e logo atrás, com 20 mil unidades e crescimento expressivo de 30%. O Dacia Sandero continua sendo um dos destaques na lista, terceiro, com 19.963 unidades, mas responsável por uma das quedas mais acentuadas em Maio, com menos 11% em relação ao mesmo mês em 2023, queda idêntica ao Corsa da Opel que foi o 8º veiculo mais vendido com um total de 15.393. Outras quedas expressivas foram a do Peugeot 208, com menos 15% e a maior de todas elas, do Tesla Model Y que aparece agora apenas na 18ª posição, amargando uma queda de 46%, praticamente para metade, totalizando 11.662 unidades. Já o grande destaque pela positiva foi o Citroën C3 e as 15.291 unidades registradas, o que representa um crescimento de 69% em relação a maio de 2023.



As marcas mais vendidas em Maio (comparando com Maio de 2023)


Em relação às marcas, o grande destaque continua sendo a Volkswagen que registou 120.742 unidades, crescendo 3% em relação a maio de 2023 e mantendo a 1ª posição. A Toyota cresceu 8% neste quinto mês do ano com 73.898 unidades, na frente da BMW que apresentou uma queda de 6% com 65.371 unidades, pouco à frente da Renault (4ª) com 62.415 unidades.


Comparando com Maio de 2023 as maiores quedas foram da Tesla, que vem em processo de desaceleração das vendas e caiu 33% sendo apenas a 20ª marca mais vendida em Maio, sendo acompanhada de forma negativa pela Ford com menos 20% de registos sendo as maiores quedas do mês. As germânicas Audi e Mercedes (6ª e 7ª) também apresentaram quedas de 9% e 7%, respetivamente, e acompanhando a BMW no cenário negativo para este quinto mês do ano.






Comentarios


300.250.png
Pottenza Global Consulting
bottom of page