top of page
  • Foto do escritorRedação Europa

Mercado europeu de automóveis novos cresce 13% em abril com destaque para os hatchbaks do segmento B

Mercado europeu de automóveis novos cresce 13% em abril com destaque para os hatchbaks do segmento B

Os dados da JATO Dynamics para 28 mercados europeus indicam que Abril foi um mês positivo para o mercado de automóveis de passageiros. Um total de 1.080.517 veículos novos foram registrados no mês, alta de 12,6% em comparação com abril de 2023, impulsionado em grande parte pela demanda por hatchbacks B e carros compactos. Números acumulados no ano mostram que um total de 4.461.734 novas unidades foram registradas até agora em 2024, um aumento de 6,7% em relação ao ano passado.


Embora os veículos elétricos, os SUVs e os carros fabricados na China tenham sido os principais motores de crescimento nos últimos anos, o mais recente relatório da consultoria revela que este não é mais o cenário. Em Abril, a participação de mercado de veículos elétricos a bateria (BEVs) aumentou apenas 0,3 pontos percentuais – de 13,1% em Abril de 2023 para 13,4% no mês passado, numa tendência de estabilidade ao longo dos últimos meses.


Felipe Munoz, analista global da Jato Dynamics, comentou:

“O mercado de carros elétricos não está funcionando no mesmo ritmo de crescimento que nos mesmo período do ano passado. Isto se deve em grande parte as contínuas reduções de preços que suscitaram preocupações entre os consumidores sobre o valor residual dos VEs e incerteza quanto à forma como os preços evoluirão nos próximos meses."

 

BMW e Volvo alcançam a Tesla

A Volkswagen dominou o mercado de BEV em abril, apesar de registrar uma queda de 7% nos volumes em relação ao mesmo mês ano passado. A Tesla seguiu de perto com crescimento de 0,6% nos registros, com o Model Y mantendo o primeiro lugar no ranking para modelos BEV.


No entanto, a BMW foi o principal impulsionador do crescimento em Abril, com os registos dos seus modelos eléctricos a subirem 82% em termos anuais.


A fabricante alemã registrou 14.179 unidades ao longo do mês – apenas 28 unidades a menos que a Tesla. A Volvo também teve um bom desempenho com 13.275 unidades registradas, marcando um aumento de 141% em relação a abril de 2023. Isso se deveu em grande parte ao forte interesse pelo Volvo EX30, o segundo BEV mais vendido da Europa durante o mês.


Em abril, a BYD registrou 2.746 unidades, superando empresas como Cupra, Nissan e Toyota se tornará a 15ª marca mais vendida no ranking BEV.


Enquanto isso, as principais marcas a verem uma quede expressiva nas vendas de modelos elétricos no último mês incluem Opel/Vauxhall (-37%), Polestar (-26%), Skoda (-13%) e MG(-12%).


Carros fabricados na China lutam para ganhar protagonismo

Apesar do sucesso global obtido pela BYD em abril, os carros fabricados na China ainda enfrentam “preconceito” na Europa. A participação geral do mercado de automóveis chineses na velho continente passou de 2,22% em abril de 2023 para 2,35% no mesmo mês de 2024 sendo que a “britânica” MG respondeu por 68% do total de 25.360 unidades cadastradas pelos marcas chinesas durante o mês.


Munoz observou:

“Embora haja muito barulho em torno da chegada das marcas chinesas na Europa, seus modelos ainda são uma raridade - evidenciado pelo aumento lento nos registros em relação ao ano passado. A MG, uma marca que muitos ainda associam ao Ocidente, foi responsável por dois em cada três registos de Veículos fabricados na China.”
“A contínua incapacidade dos veículos fabricados na China de realmente penetrar no mercado automóvel europeu pode ser o resultado da perceção negativa de questões que as marcas chinesas ainda enfrentam, como, por exemplo, uma investigação da Comissão Europeia. No entanto, os fabricantes chineses continuam a prosperar no mercado BEV com uma participação de mercado de 6,6%” - Munoz acrescentou.

Apesar da sua popularidade histórica junto dos consumidores, a quota de mercado dos SUVs caiu de 51,3% em abril de 2023 para 51,1% em abril de 2024. Registros de SUVs aumentou apenas 12% ano a ano, ficando atrás do crescimento do mercado geral no mesmo período.


Embora os SUVs continuem a ser o veículo preferido do público europeu, os dados de Abril indicam que a participação da categoria poderá provavelmente atingir o seu pico num futuro próximo.


Dacia Sandero lidera vendas em Abril e Citroën C3 cresce muito


Todos os modelos mais vendidos na Europa em Abril tiveram crescimento substancial e de dois dígitos em relação a 2023.


O Dacia Sandero continua liderando o mercado Europeu com 25.803 unidades vendidas no mês, seguido pelo Volkswagen Golf, com 22.080 unidades e um crescimento de 67%, sendo o terceiro da lista dos mais vendidos o Renault Clio, com 19.747 unidades, e mostrando a força do mercado de hatchbacks na Europa. Ainda destaque para o crescimento de 98% do Citroën C3, que aparece como o oitavo veiculo mais vendido, num total de 15.126 unidades. Na lista dos 25 mais vendidos a maior queda é do Corsa da Opel que aparece na 18ª posição, com um total de 11.843 unidades e caindo 29% em relação a seu desempenho no mesmo mês de 2023.


Já em relação à lista das marcas mais vendidas, a Volkswagen continua dominando com 123.217 veículos, crescimento de 17% em relação a 2023, seguida pela Toyota, que cresceu bem mais, 45% e totalizou 78.828 unidades vendidas. Em terceiro aparece a BMW com 65.844 veículos, seguida pela Skoda com 61.317 automóveis e pela Renault com 58.733.


Aqui ainda podemos chamar a atenção da Mercedes, que vendeu apenas menos cerca de 500 unidades em relação a francesa Renault, e um total de 58.201 veículos.


Na lista das 25 marcas mais vendidas apenas Audi (-4%), Ford (-12%) e Opel (-17%) perderam espaço em relação a 2023, sendo que com variação +/- de até 1%, o que representa praticamente estabilidade, aparecem, Peugeot, Fiat, Kia e Tesla.


Comments


300.250.png
Pottenza Global Consulting
bottom of page