top of page
  • Foto do escritorRedação Europa

Nissan perto do objetivo de oferecer mobilidade autónoma em estradas públicas

Nissan perto do objetivo de oferecer mobilidade autónoma em estradas públicas

A Nissan deu início a demonstrações de um protótipo de um veículo equipado com as suas tecnologias de condução autónoma desenvolvidas internamente, demonstrando o progresso do seu objetivo de lançar serviços de mobilidade autónoma no ano fiscal de 2027.

O protótipo do Nissan Leaf incorpora 14 câmaras, 10 radares e 6 sensores. O veículo demonstra o progresso da Nissan no campo da condução autónoma, particularmente em ambientes urbanos complexos. Em comparação com os protótipos anteriores que a empresa demonstrou, o mais recente veículo de teste apresenta um conjunto de sensores montados no tejadilho, expandindo significativamente a área de “observação” permitindo uma deteção mais precisa do ambiente em redor.


Como resultado, o desempenho das funções de reconhecimento, a previsão de comportamento, as funções de julgamento e as funções de controlo, foram melhoradas, proporcionando um funcionamento mais eficiente numa variedade de cenários complexos. Nas ruas movimentadas de Yokohama, o protótipo Leaf é capaz de facilmente demonstrar a sua capacidade de prever o comportamento dos peões, realizar mudanças de faixar e interagir com o trânsito, além de avaliar quando entrar em segurança nos cruzamentos.


Nissan perto do objetivo de oferecer mobilidade autónoma em estradas públicas
Nissan perto do objetivo de oferecer mobilidade autónoma em estradas públicas

A Nissan tem estado a estudar modelos de negócio para futuros serviços de mobilidade desde o ano fiscal de 2017. Embora a demonstração atual esteja a ser efetuada no equivalente ao Nível 2 da SAE, com a presença de um condutor de segurança, a empresa pretende continuar a expandir a funcionalidade e começar a oferecer serviços de mobilidade de condução autónoma no Japão a partir do ano fiscal de 2027, trabalhando com terceiros, tais como autoridades locais e operadores de transportes.


No quarto trimestre deste ano fiscal, a Nissan pretende iniciar os testes na área de Minato Mirai, planeando avançar para testes de demonstração de serviços no ano fiscal de 2025. Durante os testes, o nível de funcionalidade da condução autónoma será gradualmente aumentado enquanto se avalia a aceitação do condutor, com o objetivo de fornecer futuramente serviços sem condutor.

Nissan perto do objetivo de oferecer mobilidade autónoma em estradas públicas
Nissan perto do objetivo de oferecer mobilidade autónoma em estradas públicas

Esta iniciativa está a ser realizada em estreita cooperação com o Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão, o Ministério da Terra, Infraestruturas, Transporte e Turismo, e outros ministérios centrais. Os ministérios também promoverão iniciativas para a implementação de novos serviços de mobilidade autónoma no Comité de Aceleração da Mobilidade de Nível 4 que organizam.


A visão a longo prazo da Nissan é potenciar a mobilidade através da resolução de problemas de serviços de transporte enfrentados pelas comunidades locais, particularmente no Japão, que têm enfrentado vários desafios de mobilidade, tais como a escassez de condutores, fruto também do envelhecimento da população. Apoiando a resolução deste desafio, a Nissan irá fornecer uma vasta gama de novos serviços que permitem a livre circulação.


Nissan perto do objetivo de oferecer mobilidade autónoma em estradas públicas

Os anos fiscais da Nissan Motor Co., Ltd. decorrem de 1 de abril a 31 de março.

Komentar


300.250.png
Pottenza Global Consulting
bottom of page