top of page
  • Foto do escritorRedação Europa

CPM: Rampa Internacional da Falperra com recorde de 157 inscritos

CPM: Rampa Internacional da Falperra com recorde de 157 inscritos

A 43ª edição da Rampa Internacional da Falperra (17/18/19 maio), no próximo fim de semana, regista um novo recorde de inscritos (157), superando em número a marca anterior, e promete uma corrida emocionante, face ao anunciado duelo entre o francês Geoffrey Schatz (Nova Proto NP01) e o italiano campeão europeu em título Christian Merli (Osella FA30 Judd LRM) nesta terceira prova do Campeonato da Europa de Montanha e quarta do Campeonato de Portugal de Montanha (CPM) JC Group.


CPM: Rampa Internacional da Falperra com recorde de 157 inscritos

Refira-se que em Rechberg (Áustria), a abrir a temporada, Schatz, na estreia do seu Nova NP01-2 C Honda Turbo, bateu o italiano por uma margem de 1.574s e agora, há uma semana, na Subida Al Fito, em Espanha, o francês somou a segunda vitória consecutiva do ano, só que desta vez por apenas… 0.770s. Aumenta, deste modo, a expetativa em torno da prova organizada pelo Clube Automóvel do Minho e seguramente que o traçado de 5,2 quilómetros da Falperra vai ser palco de um duelo sem tréguas entre os mesmos pilotos pela conquista primeiro lugar absoluto.


Nada menos que 39 pilotos disputam a prova do Europeu, a que se juntam os do CPM e ainda da Rampa Regional (10), totalizando mais de centena e meia de equipas, num fim de semana de emoções fortes na rampa mais emblemática do país e uma competição “estrela” do Europeu de Montanha.


CPM JC Group: muitos e bons garantem espetáculo

115 inscritos. É verdadeiramente impressionante o número recorde de inscritos na 43ª Rampa Internacional da Falperra na competição reservada aos diferentes campeonatos inclusos no Campeonato de Portugal de Montanha JC Group. Só nas Categorias Protótipos, GT, Turismo e Super Challenge e na TPMM o número ascende a 76, numa lista recheada de excelentes pilotos e carros a condizer.


O próximo fim-de-semana tem tudo para se transformar numa romaria a Braga, com largos milhares de espetadores ansiosos por presenciarem o habitual encontro anual entre o Campeonato de Portugal de Montanha JC Group e o Europeu de Montanha e a expectativa é muito grande. A lista de inscritos da prova organizada pelo Clube Automóvel do Minho pulverizou todos os recordes.


E, para além, das atenções se centrarem nos duelos pela primazia nas diferentes frentes de ação do CPM JC Group, destaque ainda para a excelente “armada” de pilotos que vai defender a honra do campeonato português na prova reservada ao Europeu.


Entre os protótipos da Categoria 2, estarão Hélder Silva (Osella PA21 S), José Correia (Norma FC20) e o regressado António Rodrigues (Silver Car EF10).


Será um duplo desafio para os três pilotos, pois, para além de almejarem uma boa classificação na geral do Europeu, apontará a mira ao triunfo na classe, estando ainda na linha da frente na discussão da vitória na prova do campeonato português.


Hélder Silva é favorito, mas José Correia corre “em casa”. Quanto a António Rodrigues, é uma incógnita o nível de competitividade do seu protótipo navarro.


Na Categoria 2, encontrámos 3 GT e um Super Challenge nacionais. Carlos Vieira (Porsche 991 GT3 CUP) assume destaque.  O rápido fafense brilhou na Falperra em 2023 e, para além de se apresentar como favorito ao triunfo entre os GT as contas nacionais, tem tudo para ombrear com os melhores do europeu na discussão dos lugares cimeiros da Categoria 1.


CPM: Rampa Internacional da Falperra com recorde de 157 inscritos

Gabriela Correia, no Mercedes AMG GT4 tem tudo para também ser competitiva na dupla frente em que está inserida. Quanto a Daniel Vilaça, vai também correr na sua terra natal e quererá evoluir na sua adaptação ao Porsche 997 GT3 CUP.


Já Pedro Marques (Subaru Impreza WRX) aponta a um bom resultado no seu grupo.


Protótipos: Hugo Araújo é a grande novidade

Temos “casa cheia” em todas as categorias do CPM JC Group e, obviamente, isso significa que o alinhamento na Categoria Protótipos é significativo. Holofotes no que poderá fazer o rápido bracarense Hugo Araújo que tripula, pela primeira vez, um Silver Car EF10.


Caso se adapte à “montada”, será sempre candidato a discutir o ódio da categoria e da Divisão Protótipos A, a exemplo do que sucede com Nuno Caetano (Osella PA21 S EVO). O naipe de participantes nesta divisão fica completo com o FIAT X1/) de Victor Bessa.


Já na Divisão Protótipos B está de regresso Nuno Guimarães (Silver Car S2) e, naturalmente, assume os dotes de favorito, sendo claro que Sérgio Nogueira (BTC CM05 EVO) e Afonso Santos (BRC BR49 EVO) tudo farão para o contrariar.


GT: vai ser “rasgadinho”...

9 bravos, plantel de luxo na Categoria GT. Dizer menos do que nos propõe a Falperra seria injusto!


Aos já referenciados Carlos Vieira, Gabriela Correia e Daniel Vilaça, juntamos o campeão e líder do campeonato Vítor Pascoal (Porsche 991 GT3 CUP), José Rodrigues (Porsche 997 GT3 3.8), Bernardo Garcia de Castro (Porsche 997 GT3 CU); Jorge Silva (Porsche 991 GT3 CUP), Francisco Morgado (Mercedes AMG GT3) e José Carlos Pouca Sorte (Porsche 997 GT3 CUP) formando uma lista de enorme qualidade.


Turismo: muitas novidades criam incógnita

Regressos, participações pontuais e “montadas” novas, três ingredientes que podem baralhar um pouco as previsões mais habituais quanto à Categoria Turismo. São 22 os inscritos, espalhados pelas três Divisões.


CPM: Rampa Internacional da Falperra com recorde de 157 inscritos

Na Divisão 1, Daniel Pacheco (Mitsubishi Lancer EVO X) é favorito, mas tem pela frente mais três carros da marca nipónica: José Carlos Magalhães num Lancer EVO VII RS, Carlos Gonçalves (Mitsubishi Lancer EVO X) e Carlos Rodrigues, que escolhe um Lancer EVO VII, bem como o Subaru Impreza STI WRX da bracarense Daniela Marques e o Toyota Yaris GR de Vítor Santos.


Já na Divisão 2, favoritismo máximo de Parcídio Summavielle (Cupra TCR). O fafense tem estado muito sólido na sua adaptação ao carro catalão e quererá registar novo duplo triunfo na Falperra, vencendo categoria e divisão.


A oposição entre os T2 deverá vir sobretudo de Paulo Silva (Audi RS3 LMS), com Beatriz Corria (Cupra TCR) a estar na expectativa, com a jovem bracarense a querer estar no pódio, tendo para isso de ultrapassar as ambições de Francisco Ferreira (Renault Megane RS). António Veloso (FIAT Abarth 500) e de Hélder Alves (Seat Leon MKII.


Quanto à Divisão Turismo 3, a Falperra transformou-se numa oportunidade única para os nove inscritos, dada a ausência do líder do campeonato Gonçalo Inácio.


Destaque para a estreia de um BMW 320 SI WTCC pelas mãos de Luís Delgado. O potencial do carro alemão e o talento do flaviense colocam-nos logo na linha da frente para vencer a T3 e, tudo indica, para estarem na discussão da vitória na Categoria Turismo.


CPM: Rampa Internacional da Falperra com recorde de 157 inscritos

Na divisão, a luta pelos lugares de pódio deverá ser muito aberta e só com o desenrolar da prova se perceberá quais as reais possibilidades dos Renault Clio de Jorge Meira, Bruno Sampaio e Martine Pereira, dos Honda Civic Type R de Bruno Rodrigues e Estevão Oliveira, dos Citroen Saxo Cup de Jorge Meira e José Cardoso e ainda do Peugeot 206 RC de Rute Brás.


Super Challenge: Luís Nunes na linha da frente dos favoritos

São 34 os pilotos inscritos na Categoria Super Challenge, pulverizando de forma contundente a melhor marca da temporada.


Mas, mesmo com oposição alargada, mantém-se o total favoritismo de Luís Nunes. O “Foguetão de Valpaços” está a viver uma época em que as suas exibições aos comandos do Skoda Fabia R5 tem roçado a perfeição. Está invicto nas lides da categoria Super Challenge e do grupo SC-A e tudo indica que vai manter de forma natural esse estatuto na Falperra.


Logo atrás, aparece José Lameiro. O aveirense tem melhorado as suas performances e está cada vez mais perto de Nunes, sendo claro que o seu Skoda Fabia Super Car está cada vz mais competitivo. De olhos postos no pódio da categoria e do grupo estarão José Pedro Gomes (Opel Astra), Manuel Rocha e Sousa (Ford Focus Super Car) e o regressado Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer EVO VI) e o já referido Pedro Marques, que também alinha no Europeu.


CPM: Rampa Internacional da Falperra com recorde de 157 inscritos

Animado está o Grupo SC-B. Serão seis os pilotos com pretensões a vencer nestas lides, a saber, Júlio Maia (Citroen Saxo Cup), Diogo Azevedo (FIAT Uno 45S), Paulo Morais (Peugeot 106), Horácio Morais (Renault Clio) e os irmãos Catarina e Luís Silva, nos Citroen C1 da Famaconcret.


Já entre os SC-C, Bruno Carvalho (Citroen Saxo) é claramente favorito, mas vai ter muita “mão-de-obra” para se impor, face à presença de 14 adversários, destacando-se aqui Alberto Pereira (Honda Civic Type R), bem como Pedro Dias e Francisco Vieira Leite, ambos aos comandos de Toyota Corolla T-Sport, além do bracarense Carlos Silva (Renault Clio RS).


Rui Antunes (Citroen AX), Abílio Aparício (Peugeot 205), Ricardo Domingues (Renault Clio 3 Sport), Javier Garcia (Peugeot 205), João Gonçalves (Honda Civic), Pedro Brito (Citroen AX), Pedro neves (Honda Civic), Pedro Cardoso (VW Golf), Daniel Correia (Renault Clio) e Aníbal Pinto (Renault Clio), completam o ramalhete de presenças neste grupo, sendo claro que deste grupo alargado de pilotos também poderá aparecer mais candidatos aos lugares cimeiros.


Tudo em aberto no Grupo SC-D. Luís Silva e o seu BMW M3 estarão ausentes e isso é música para os ouvidos dos adversários que terão na Falperra uma oportunidade única de chegarem a uma vitória.


CPM: Rampa Internacional da Falperra com recorde de 157 inscritos

Os BMW da Megamotors tripulados por Carlos Pouca Sorte e João Macedo terão no Golf TCR do espanhol Javier Alvarez um adversário de peso na luta pelo triunfo, sendo grande a incógnita sobre o que poderá fazer o talentoso João Diogo Santos com o Peugeot 207 RC 1.6 THP. Luís Ferrete (BMW 316), Arlindo Beça (Mini Cooper S) e Donato Jácome (BMW 316i) fecham o alinhamento de pilotos neste grupo.


TPMM: monolugares fazem a primeira aparição da época

Serão dois os monolugares que que enfrentarão o longo e desafiante traçado bracarense, com a prova do Clube Automóvel do Minho a ser a primeira a contar com participantes incluídos na Taça de Portugal Monolugares de Montanha JC Group.


O duelo será entre o bracarense Ricardo Gomes (Signatech F4) e o vimaranense Miguel Matos (GRIIIP G1-17), com ambos a já terem provado no passado que são muito rápidos, o que distribui de forma equitativa as percentagens de favoritismo.


CPM: Rampa Internacional da Falperra com recorde de 157 inscritos

PROGRAMA

 

SEXTA-FEIRA (17 maio)

10:00/17:30 – Verificações Administrativas: Hotel João Paulo II.

10:30/18:00 – Verificações Técnicas: em frente ao Hotel João Paulo II, na Avenida Nossa

Senhora do Sameiro.

11:30/19:00 – Exposição de Viaturas de Competição: Largo do Pópulo.

19:00 – Desfile de Viaturas de Competição pelas principais ruas da cidade de Braga.

 

SÁBADO

07:30 – Fecho da Pista (Km 30 da EN 309).

08:30 – Warm Up do Campeonato de Portugal de Montanha JC Group.

09:30/12:05 – Treino Oficial 1: Rampa Regional, Campeonato de Portugal de Montanha JC Group e Campeonato Europeu de Montanha.

12:40/15:15 – Treino Oficial 2: Rampa Regional, Campeonato de Portugal de Montanha JC Group e Campeonato Europeu de Montanha.

15:50/16:50 – Corrida Oficial 1: Rampa Regional

17:25/18:25 – Corrida Oficial 1: Campeonato de Portugal de Montanha JC Group e Treino Oficial 3: Campeonato Europeu de Montanha.

 

DOMINGO

07:00 – Fecho da Pista (Km 30 da EN 309)

08:00 – Corrida Oficial 2: Rampa Regional

09:35/10:35 – Corrida Oficial 1: Campeonato Europeu de Montanha e Treino Oficial 3:

Campeonato de Portugal de Montanha JC Group.

11:50/12:50 – Corrida Oficial 2: Campeonato de Portugal de Montanha JC Group e Campeonato

Europeu de Montanha.

14:05/15:05 – Corrida Oficial 3: Campeonato de Portugal de Montanha JC Group e Campeonato

Europeu de Montanha.

16:00 – Pódio: Escadaria do Sameiro.

Comments


300.250.png
Pottenza Global Consulting
bottom of page