top of page
  • Foto do escritorRedação Europa

Volkswagen revela os novos Golf GTI e Clubspor

Volkswagen revela os novos Golf GTI e Clubspor

O Golf GTI tem uma vasta lista de fãs quando o assunto são os compactos despostivos, sendo mesmo considerado o percursor desta categoria.  Com mais de 2,3 milhões de unidades vendidas o Golf GTI ganha agora uma nova geração, mais potente, aumentando de 180 kW (245 cv) para 195 kW (265 cv). As pré-vendas em Portugal terão início em julho.


Já no dia 1 de junho, a Volkswagen revela o Golf GTI Clubspor de 221 kW (300 cv) perante milhares de visitantes, que poderão ver de perto o modelo GTI topo de gama na “Nürburgring Boulevard”. A estreia mundial tem lugar para coincidir com a celebração do 50º aniversário do Golf (lançado em 1974). Para ajudar a assinalar a ocasião, três veículos Golf clássicos participarão na ADAC 24 h Classic (corrida de 3 horas) no dia 2 de junho. E não é tudo. Um Golf verdadeiramente único irá participar na corrida de 24 horas: o Golf GTI Clubsport 24h, com uma potência de 279 kW (380 cv). Este carro de competição foi originalmente concebido pela Volkswagen Motorsport e surge agora mais evoluído. Como homenagem a meio século de Golf, os organizadores da corrida atribuíram-lhe o número ’50’ à partida.


Os pormenores específicos do Golf GTI e do Golf GTI Clubsport foram melhorados. A Volkswagen aperfeiçoou o exterior com novos faróis LED e os grupos de luzes traseiras, também em LED, redesenhados. Os clientes também podem optar pela última geração dos faróis IQ.LIGHT LED Matrix – estes oferecem máximos de alta performance com mais 15% de alcance do que no antecessor.


Além disso, os engenheiros de Wolfsburg renovaram completamente os sistemas de infotainment e a promessa é de um módulo multimédia mais intuitivo e mais simples.


Os modelos GTI são equipados com a última versão do motor a gasolina de 2,0 litros com turbocompressor (TSI). O potencial deste motor de quatro cilindros é demonstrado pela versão de 380 cv que vai para a pista, e confere ao Golf GTI Clubsport 24h uma potência que o tornará num dos automóveis mais rápidos da sua classe na corrida de 24 horas em Nordschleife, competindo pelas mãos dos pilotos Benny Leuchter (Alemanha) e Johan Kristoffersson (Suécia). A propósito, o GTI será alimentado durante a corrida por um combustível recentemente desenvolvido pela Shell: E20. Este combustível tem o dobro do bioetanol (derivado de resíduos vegetais) face ao E10.


Mas a festa de aniversário não para: depois da corrida de 24 horas e da estreia mundial do novo Golf GTI Clubsport, as celebrações do meio século do Golf continuam com outro ponto alto, o GTI Fan Festival 2024, de 26 a 28 de julho. É o primeiro encontro internacional de GTI do seu género que não terá lugar no Lago Wörth, mas em Wolfsburg, o local de nascimento do Golf. Também aqui, as atenções estarão viradas para o novo Golf GTI, o novo Golf GTI Clubsport e o Golf GTI Clubsport 24h.


Exterior renovado

O exterior dos novos Golf GTI e Golf GTI Clubsport diferem entre si devido aos seus para-choques dianteiros e spoilers de tejadilho de design independente. Ambos os modelos estão agora equipados com faróis LED Plus recentemente desenvolvidos e concebidos. O seu design tornou-se mais linear e visualmente mais marcante, e os grupos óticos fundem-se agora visualmente para o interior da grelha do radiador. De série, é utilizada uma faixa horizontal LED na grelha do radiador; por cima desta, encontra-se a linha vermelha caraterística do Golf GTI - uma característica que remonta à grelha do radiador do primeiro Golf GTI de 1976. Pela primeira vez, o logótipo da Volkswagen na frente também é iluminado. O V e o W, bem como o círculo à volta das letras, são emoldurados por finos contornos de luz no exterior e no interior. O logótipo Volkswagen iluminado e os novos faróis LED criam uma assinatura luminosa inconfundível para o Golf. Outro destaque da iluminação é a mais recente versão dos faróis IQ.LIGHT LED Matrix, que está disponível como opção. Com estes faróis o novo Golf GTI promete entregar cerca de 15% de mais alcance dos máximos em relação ao seu antecessor.


Por baixo dos faróis, o Golf GTI e o Golf GTI Clubsport têm cada um o seu aspeto único. O GTI de 265 cv caracteriza-se pelos deflectores de ar pintados na zona exterior do para-choques – estes são planos para o interior e elevam-se para o exterior. Também pintado na cor do veículo está o spoiler dianteiro entre as asas laterais, que foi concebido como um splitter ao estilo dos desportos motorizados. Na área exterior da grelha do radiador em forma de favo de mel (preto mate) integrada no para-choques, o Golf GTI tem faróis de nevoeiro dianteiros opcionais em forma de X. Estes são compostos por cinco LED com o design em favo de mel característico dos modelos GTI. Toda a zona de entrada de ar, incluindo as asas e o splitter dianteiro, está rodeada por uma aplicação em preto mate. O Golf GTI Clubsport distingue-se do Golf GTI pelo facto de ter asas maiores que têm a forma de setas para o interior. O spoiler dianteiro, a grelha do radiador no para-choques e as aplicações circundantes têm um acabamento em preto brilhante.


Na traseira, os novos grupos de luzes em LED são a nova interface comum de ambas as versões do Golf GTI. Em conjunto com os faróis IQ.LIGHT LED Matrix, estão também disponíveis opcionalmente os novos grupos de luzes traseiras em LED 3D com uma função de intermitência dinâmica. Os seus efeitos de boas-vindas e de despedida podem ser personalizados através das definições do veículo (no sistema de infotainment). Existem três efeitos à escolha. O Golf GTI caracteriza-se por um spoiler de tejadilho completamente fechado, com a parte superior pintada na cor do veículo e a parte inferior preta.


O Golf GTI Clubsport tem um spoiler significativamente maior – este é aberto em direção ao tejadilho, à exceção de uma nervura estreita para que o ar passe através dele. Aqui, a área exterior tem um acabamento em preto brilhante. Os valores de downforce de ambos os spoilers foram adaptados às performances dos dois modelos GTI. O Golf GTI e o Golf GTI Clubsport estão equipados com duas ponteiras de escape, com um tubo à esquerda e outro à direita do difusor traseiro. Um sistema de escape desportivo Akrapovič estará disponível para o Golf GTI Clubsport como parte do pacote Race (opcional). Os frisos por baixo das superfícies pintadas na traseira e o difusor têm acabamento em preto mate no Golf GTI e em preto de alto brilho no Golf GTI Clubsport.


Na silhueta, os novos modelos GTI podem ser reconhecidos pelas três letras individuais GTI em vermelho e cromado na área dos pilares A. Os antecessores tinham aqui um emblema estreito. Existem diferenças nas configurações dos dois Golf GTI na área das jantes: o Golf GTI está equipado de série com a versão de 17 polegadas da jante de liga leve Richmond, enquanto o Golf GTI Clubsport sai da fábrica de Wolfsburg com uma versão visualmente distinta e com corte de diamante da jante “Richmond” de 18 polegadas. Várias outras jantes de 19 polegadas estão disponíveis como opção para ambas as versões. Completamente nova, a jante de liga leve “Queenstown” está disponível para ambos os modelos.


Com o seu design marcante de cinco semicírculos ovais, esta jante evoca a clássica jante “Detroit”, que foi introduzida para a quinta geração do Golf GTI. A nova jante apresenta superfícies polidas de alto brilho em superfícies interiores pretas. O Golf GTI Clubsport também pode ser configurado com a jante forjada “Warmenau” de 19 polegadas, completamente nova. Com um peso de apenas 8 kg por jante, as jantes forjadas são cerca de 20% mais leves do que as jantes de liga leve comparáveis – o que reduz as massas não suspensas. Entre as jantes de ambos os modelos encontramos extensões pretas das barras laterais. Estas têm um acabamento em preto mate no Golf GTI e em preto brilhante no Golf GTI Clubsport, combinando com o design dos frisos dianteiro e traseiro. Além disso, o Clubsport é personalizado através de aplicações de revestimento sobre as rodas. Estes acabamentos são em preto mate no Golf GTI e em preto brilhante no Golf GTI Clubsport, combinando com o design dos frisos dianteiros e traseiros. O Clubsport ainda conta com aplicações por cima das longarinas laterais.


Volkswagen revela os novos Golf GTI e Clubspor

Novos sistemas de infotainment.

A Volkswagen redesenhou completamente o hardware e o software dos sistemas de infotainment do Golf GTI, agora de quarta geração (MIB4). A interação foi significativamente melhorada e simplificada graças a novos gráficos e a uma nova estrutura de menus para o ecrã tátil. O sistema estará disponível em duas versões para ambos os modelos GTI: Ready 2 Discover (instalado de série; sistema de navegação disponível como atualização) e Discover (com função de navegação de série). Ambos os sistemas estão equipados com um ecrã tátil de 32,8 cm (12,9 polegadas). Os novos ecrãs do tipo tablet foram concebidos para serem visualmente independentes. Os ecrãs estão divididos em duas barras táteis na parte superior e inferior e um grande ecrã inicial no meio.


O condutor pode atribuir funções favoritas de acesso direto a grandes áreas da barra superior e do ecrã inicial. A grande vantagem: a barra superior configurada individualmente e a barra inferior estática permanecem continuamente apresentadas quando o condutor abre várias funções sob a forma de aplicações no ecrã inicial, o que torna o sistema mais fácil de utilizar. Os seletores táteis para o controlo da temperatura e do volume foram desenvolvidos de novo, sendo agora mais ergonómicos e iluminados.


Outra novidade é o assistente de voz IDA, que pode ser acionado por voz. O sistema opcional permite o controlo de muitas funções do veículo e responde a perguntas sobre todos os temas possíveis. Para o efeito, o sistema acede a bases de dados online e ao ChatGPT (AI). Como opção, a Volkswagen irá oferecer um sistema de som de 480 watts da Harman Kardon para ambos os modelos Golf GTI.


Digital Cockpit Pro personalizável.

O Golf GTI e a versão Clubsport dispõem da mais recente geração do painel de instrumentos Digital Cockpit Pro com diagonal do ecrã de 26 cm (10,2 polegadas). O condutor pode escolher entre três configurações gráficas básicas (perfis de informação) utilizando o botão View da versão igualmente nova do volante desportivo multifunções. “Clássico” com instrumentos redondos, “Progressive” com mosaicos no ecrã e “GTI”. O perfil de informação GTI apresenta um conta-rotações clássico em posição central (até 8.000 rpm), no qual as letras GTI e a velocidade atual são apresentadas no centro, a vermelho.


Existem instrumentos redondos mais pequenos à esquerda e à direita, ao lado deste; estes podem ser utilizados para apresentar a pressão de sobrealimentação atual do turbocompressor em bar e o binário atualmente solicitado em Nm, por exemplo. Um head up display também estará disponível como opção para os novos modelos GTI, mostrando dados atuais como a velocidade, símbolos da navegação e informações dos sistemas de assistência.


O interior do Golf GTI inclui bancos desportivos premium de série com apoios de cabeça integrados e um padrão Scalepaper check característico dos modelos GTI com pespontos vermelhos entre cinzentos e pretos. A costura decorativa vermelha nos bancos, no apoio de braços central, nos tapetes e no volante multifunções realça o facto de o interior pertencer a um Golf GTI. O volante desportivo de ambas as versões GTI tem um acabamento em pele perfurada nas zonas superiores, oferecendo uma aderência confortável; na zona inferior, o revestimento do volante é personalizado com a inscrição GTI e detalhes em vermelho. As patilhas no volante facilitam as intervenções manuais na caixa de velocidades automática de sete velocidades (DSG).


A iluminação interior, de série, envolve o painel de instrumentos, os frisos das portas e a zona dos pés num espetro de 30 cores configuráveis – incluindo, naturalmente, o vermelho que combina na perfeição com um Golf GTI. Uma característica exclusiva do GTI é a o botão Engine/Start/Stop: após a abertura das portas, este pulsa a vermelho até o motor ser ligado. Também de série são pedais com acabamento em aço inoxidável e o forro de teto preto.

O interior do novo Golf GTI Clubsport distingue-se do GTI de 265 cv pelo facto de possuir bancos desportivos premium em ArtVelours como revestimento de série; as inserções das portas também são acabadas neste material elegante e robusto. Um pack em pele e bancos climatizados (aquecimento e ventilação) estarão disponíveis como opção para ambos os Golf GTI. Os acabamentos interiores em carbono genuíno estarão novamente disponíveis como opção.


Volkswagen revela os novos Golf GTI e Clubspor

265 cv no Golf GTI.

A última evolução do motor sobrealimentado EA888 é utilizada no Golf GTI e no Golf GTI Clubsport: É um motor 2.0 a gasolina de quatro cilindros com injeção direta (TSI). A quarta geração deste emblemático motor caracteriza-se por injetores de combustível de última geração com uma pressão de 350 bar. O Golf GTI tem uma potência de 195 kW (265 cv). O binário máximo do motor de 1.984 cm3 do Golf GTI é de 370 Nm.


300 cv no Golf GTI Clubsport.

Parâmetros como a gestão do motor, pressão de sobrealimentação e outras características internas do motor contribuem para o aumento da potência no Golf GTI Clubsport para 221 kW (300 cv). O binário máximo é de 400 Nm.


2.0 TSI com DSG de sete velocidades.

Ambas as versões GTI do EA888 evo4 estão acopladas a uma caixa de velocidades DSG de sete velocidades de engrenagens extremamente rápidas, com escalonamento perfeitamente adaptado às características de aceleração. O novo Golf GTI vai dos 0 aos 100 km/h em 5,9 segundos; o novo Golf GTI Clubsport ultrapassa a marca dos 100 km/h em apenas 5,6 segundos. A velocidade máxima de ambos os modelos está limitada eletronicamente a 250 km/h. O pacote Race (opcional) oferecido exclusivamente para o Golf GTI Clubsport elimina este limite da velocidade máxima, elevando-a para 267 km/h.

Performance ao nível do desporto automóvel.


Um eixo dianteiro de arquitetura MacPherson e um eixo traseiro de quatro braços formam a estrutura básica da aptidão desportiva do GTI. Ambos os modelos oferecem também um controlo ESC individual para adaptar as intervenções correspondentes do sistema à utilização em pista. Os dois modelos oferecem uma superior capacidade de travagem: o GTI de 265 cv está equipado com um sistema de travagem de 17 polegadas, enquanto o GTI de 300 cv conta com um sistema de 18 polegadas. Quatro das principais características de ambas as versões do GTI são a direção progressiva, o Vehicle Dynamics Manager, o bloqueio do diferencial do eixo dianteiro e o sistema opcional de controlo adaptativo do chassis, DCC. Todos os quatro componentes foram desenvolvidos e adaptados à respetiva versão.


Direção progressiva.

A direção progressiva surge enquanto parte do equipamento de série no Golf GTI e no Golf GTI Clubsport. Os sistemas de direção convencionais funcionam com base numa relação fixa. Em contraste, a direção do GTI utiliza uma relação progressiva, o que reduz visivelmente o esforço na realização de manobras e no estacionamento. Em estradas sinuosas e em curva, por outro lado, a configuração mais direta da direção progressiva permite um aumento notável da resposta. Em termos de tecnologia, a direção progressiva é essencialmente diferenciada do sistema de direção básico pela cremalheira de direção variável e pela engrenagem de pinhão, bem como por um motor elétrico mais potente. A direção progressiva foi aperfeiçoada nos novos Golf GTI e Golf GTI Clubsport.


Desta vez, a equipa de desenvolvimento incluiu o engenheiro de chassis Sven Bohnhorst, que foi anteriormente piloto de testes na Bugatti. Com o seu contributo, foi possível transferir algumas características particularmente positivas da configuração da direção do Bugatti Chiron Pur Sport para a direção progressiva. O ponto de partida da nova configuração foi a introdução de um novo software de direção para cumprir os requisitos legais da UNECE (segurança cibernética). O novo software foi também utilizado em paralelo para aperfeiçoar de forma abrangente as propriedades da direção do GTI. A linearidade e a precisão da direção características do ADN do GTI, bem como a resposta espontânea aos comandos de direção, foram visivelmente melhoradas.


Bloqueio do diferencial dianteiro.

O Golf GTI e o Golf GTI Clubsport têm de série um bloqueio do diferencial do eixo dianteiro controlado eletronicamente. Em comparação com os bloqueios de diferencial totalmente mecânicos, o sistema no GTI oferece vantagens, incluindo um nível de bloqueio variável, dependendo das funções do ESC (Controlo Eletrónico de Estabilidade) e do XDS+ (bloqueio eletrónico do diferencial). Tal torna possível evitar completamente o tipo de influências negativas na precisão da direção que ocorrem com os bloqueios mecânicos. Graças a uma embraiagem multidisco, o bloqueio do diferencial otimiza a aderência e o comportamento em curvas rápidas, melhorando, assim, a performance e, em última análise, proporcionando um prazer de condução adicional. Além disso, o bloqueio do diferencial do eixo dianteiro elimina as desvantagens de motricidade dos veículos com tração dianteira. No Golf GTI Clubsport com 300 cv, o controlo do bloqueio orientado para a performance é implementado através do Vehicle Dynamics Manager. Este controlo foi agora também adaptado ao GTI de 265 cv.


O centro de controlo inteligente da transmissão do GTI é o modular Vehicle Dynamics Manager. Este sistema coordena as funções do bloqueio do diferencial do eixo dianteiro, os bloqueios eletrónicos do diferencial (XDS) e os componentes do amortecimento adaptativo, também controlados eletronicamente, durante cada momento de condução. Como já foi referido, o Vehicle Dynamics Manager do Golf GTI Clubsport utiliza uma aplicação especialmente orientada para a performance. A operação associada do bloqueio do diferencial do eixo dianteiro controlado pelo Vehicle Dynamics Manager foi agora também transferida para o GTI de 265 cv. Graças à nova aplicação, o bloqueio do diferencial dianteiro pode ser utilizado de forma ainda mais específica para influenciar a resposta da direção, a linearidade e o desempenho a alta velocidade. Ao mesmo tempo, os módulos de função para monitorização das condições de condução e estimativa do coeficiente de atrito foram renovados para permitir um controlo mais sensível.


Controlo adaptativo do chassis DCC.

O controlo adaptativo do chassis DCC reage continuamente à superfície da estrada e à situação de condução, tendo em conta, por exemplo, os movimentos da direção, travagem e aceleração. Os componentes dinâmicos do sistema DCC são coordenados e otimizados pelo Vehicle Dynamics Manager. O condutor pode influenciar o movimento da carroçaria de acordo com as suas preferências individuais através do perfil de condução selecionado. O amortecimento necessário é calculado para cada roda e ajustado nos quatro amortecedores em frações de segundo, assegurando que o sistema de controlo adaptativo do chassis proporciona sempre o mais elevado nível de conforto de condução e a dinâmica de condução ideal em conjunto com o Vehicle Dynamics Manager.


Para uma integração ainda mais harmoniosa do DCC com a direção, a aplicação do amortecimento variável nos novos modelos GTI foi amplamente renovada. O foco está agora na implementação de uma resposta mais espontânea do veículo aos movimentos da direção e uma agilidade ainda superior.


Os perfis de condução.

Os perfis de condução Eco, Comfort, Sport e Individual estão disponíveis nas duas versões. O Golf GTI Clubsport está também equipado com o modo Special como cenário adicional do perfil de condução Sport. Os níveis de amortecimento do opcional sistema DCC também podem ser regulados individualmente.


O modo Comfort oferece um elevado nível de conforto para a utilização quotidiana, mantendo uma boa precisão de direção. No perfil Sport, o sistema DCC torna-se mais firme, reduzindo o rolamento da carroçaria em curva; os modelos GTI tornam-se mais ágeis e manobráveis e mantêm-se neutros até à zona limite. A melhor na motricidade e a subviragem ainda mais reduzida durante a aceleração são visíveis no perfil Sport. No perfil Individual, o condutor pode ajustar com precisão e guardar a sua própria configuração através de um seletor digital. Abaixo do nível Comfort, aumenta a suavidade de contacto com a estrada para um conforto ainda maior; acima do nível Sport, a afinação é ainda mais dinâmica e direta. Neste caso, a tendência de rolamento é minimizada em combinação com a máxima agilidade.


No perfil Special do Golf GTI Clubsport, os sistemas relevantes para a dinâmica do veículo são adaptados às características específicas do circuito de Nürburgring Nordschleife – a máxima performance para compensar as ondulações típicas de Nordschleife é alcançada através de uma configuração vertical especial do amortecimento adaptativo da suspensão DCC e de uma configuração dinâmica lateral modificada do Vehicle Dynamics Manager.

Comments


300.250.png
Pottenza Global Consulting
bottom of page