top of page
  • Foto do escritorRedação Europa

Peugeot continua a ser a marca mais vendida em Portugal

Peugeot continua a ser a marca mais vendida em Portugal

Em maio e num mercado praticamente estagnado, segundo dados da ACAP, a Peugeot reforçou o estatuto de marca mais vendida em Portugal com 2.250 matrículas, sendo que a marca francesa foi a mais vendida tanto no mercado total de Veículos de Passageiros, mas também no de Comerciais Ligeiros, registando uma quota de mercado de 10,1%.


Considerando apenas a área dos automóveis de Passageiros, a marca do leão foi a líder nas vendas com 1.783 unidades, que equivalem a uma quota de 9,0 neste mercado.


No que diz respeito ao exigente mercado dos Comerciais Ligeiros, a Peugeot entregou 467 veículos aos seus clientes e fechou o mês de maio com uma quota de mercado de 17,0% (+0,8 p.p. face ao mês anterior).


No acumulado de 2024, a liderança da Peugeot repete-se também nos três cenários. No conjunto do mercado VP+VCL, a marca comercializou 12.138 unidades - um desempenho que suplanta em 3.064 automóveis a segunda marca mais vendida – que lhe conferem uma quota de mercado de 11,1%.


No cômputo dos cinco primeiros meses, e falando exclusivamente de Veículos de Passageiros, foram 9.811 unidades comercializadas e uma quota de 10,2%.


Com 2.327 furgões entregues a clientes, a marca lidera também no mercado de Comerciais Ligeiros, o que representa uma quota de mercado de 17,4%.


O modelo 2008 é o mais vendido da gama com 3.339 unidades vendidas este ano. Segue-se o novo 208 com 2.716 unidades e o 308 com 2.049 automóveis.


No mercado dos VCL, o Partner - modelo produzido na Stellantis de Mangualde - continua a assumir-se como o furgão preferido das empresas e dos profissionais, com um total de 1.793 vendas até ao momento e representando 13,4% de todos os furgões vendidos no país, de todos os segmentos.

Comments


300.250.png
Pottenza Global Consulting
bottom of page