top of page
  • Foto do escritorRedação Europa

Peugeot 9X8 de 2024 revela seus novos detalhes e novas cores

Peugeot 9X8 de 2024 revela seus novos detalhes e novas cores

Após vários milhares de quilómetros de testes, o Team Peugeot TotalEnergies  apresenta o  9X8 2024, modelo que fará a sua estreia em competição nas 6 Horas de Imola (21 de abril), a segunda ronda do Campeonato do Mundo FIA de Resistência de 2024.


Para tirar o máximo partido das alterações regulamentares que permitem às equipas utilizar uma configuração de pneus mais eficaz, com larguras diferentes à frente (29 cm) e atrás (34 cm), a equipa Peugeot Sport adaptou a aerodinâmica do 9X8, mantendo 90% da carroçaria, que passa a contar com uma asa traseira.


Pelo terceiro ano consecutivo, a divisão de Design da marca e sua área de competição trabalharam em conjunto para criar uma decoração muito especial, concebida exclusivamente pelas equipas internas. O emblemático Leão da marca - símbolo de velocidade, flexibilidade e força - está no centro do design.


Depois de uma primeira temporada completa no Campeonato do Mundo FIA de Resistência, que incluiu um desempenho encorajador em Le Mans e um pódio inaugural (um 3º lugar) em Monza, e tendo passado grande parte da corrida de abertura da temporada de 2024 na liderança da corrida, em Losail, o 9X8 viu-se dotado de várias atualizações substanciais, para ir ao encontro dos objetivos de liderança definidos para o presente ano, naquela que deverá ser uma categoria Hypercar incrivelmente competitiva, envolvendo nove fabricantes e dezanove protótipos.


Peugeot 9X8 de 2024 revela seus novos detalhes e novas cores

Na sua versão inicial, o 9X8 foi concebido com base num caderno de encargos que respondia à regulamentação técnica elaborada para o biénio 2020/2021. No entanto, entre a fase de conceção do veículo e a sua estreia em competição, no verão de 2022, a regulamentação foi alterada, abrindo a possibilidade de melhorar o desempenho em algumas áreas. Determinadas configurações de design foram, portanto, revistas para maximizar o seu potencial e cumprir os ambiciosos objetivos estabelecidos.


"Fizemos escolhas que hoje já não se mostram as mais corretas e esta diferença de desempenho não foi suficientemente compensada pelo BoP [Balance of Performance] em 2023", explicou Olivier Jansonnie, Diretor Técnico da Peugeot Sport.

"A ideia era, portanto, regressar a um design semelhante ao dos nossos rivais, de modo que lhe fosse dado um tratamento equivalente pelo BoP. Foi por isso que decidimos abandonar a utilização de pneus com larguras idênticas, de 31 centímetros em todas as rodas, optando por colocar pneus de 29 centímetros à frente e de 34 centímetros atrás. Estritamente falando, não é uma viatura nova, uma vez que assenta no mesmo chassis, mas há muitas outras atualizações. Para que os pneus funcionem eficazmente, tivemos de alterar o centro de gravidade o que implicou deslocar alguns componentes e trabalhar no peso para tornar outros mais leves. E, para obter um melhor equilíbrio aerodinâmico, tivemos, também, de procurar redistribuir as cargas aerodinâmicas, o que nos levou a redesenhar cerca de 90% dos componentes da carroçaria, nomeadamente a asa traseira. Para além de tudo isto, decidimos utilizar esta nova homologação para adicionar algumas melhorias de fiabilidade e de performance para nos dar as melhores oportunidades no campeonato."

Peugeot 9X8 de 2024 revela seus novos detalhes e novas cores

A decisão de introdução de algumas atualizações radicais no carro para a época de 2024 foi tomada em março de 2023. Todos na Peugeot Sport trabalharam incansavelmente para redesenhar o carro, enquanto participavam na campanha do WEC de 2023.


Depois de ter feito a sua última aparição nos 1.812 km do Qatar, a ronda inaugural do Campeonato do Mundo FIA de Resistência de 2024 - que confirmou os progressos realizados - a versão 2023 do PEUGEOT 9X8 vai agora dar lugar à versão 2024, uma estreia que se fará nas 6 Horas de Imola, a segunda prova da presente temporada, a realizar a 21 de abril. Recorde-se os impressionantes primeiro e segundo lugares alcançados no Autódromo Enzo e Dino Ferrari, em Imola, da Peugeot em 2011.


Linda Jackson, CEO da Peugeot

"2023, o primeiro ano completo a competir no Campeonato do Mundo FIA de Resistência, foi uma experiência gratificante para todos os envolvidos, uma vez que a equipa tomou forma e mostrou a sua determinação e paixão, apesar dos momentos difíceis por que passou. Para 2024, o objetivo continua a ser o mesmo: ganhar corridas! Sabemos que a competição será ainda mais dura este ano, mas a nossa equipa trabalhou arduamente para desenvolver uma versão 2024 do PEUGEOT 9X8 que reflita perfeitamente os valores da marca. A energia e o esforço do Team Peugeot TotalEnergies foram inestimáveis. Estamos orgulhosos de fazer parte desta nova era das corridas de Resistência e queremos deixar a nossa marca neste desporto."

Peugeot 9X8 de 2024 revela seus novos detalhes e novas cores

Jean-Marc Finot, Vice-Presidente Sénior da Stellantis Motorsport

"Antes de mais, gostaria de felicitar e agradecer a toda a equipa da Peugeot Sport pelo seu excelente trabalho. Não é um feito pequeno ter sido capaz de redesenhar parte da viatura em tempo recorde e, ao mesmo tempo, conseguir competir na temporada de 2023. O 9X8 foi originalmente concebido para cumprir os regulamentos de 2020/2021, quando os LMH tinham de estar equipados com pneus de igual dimensão à frente e atrás. Desde então, os regulamentos evoluíram, permitindo que alguns dos nossos rivais instalassem pneus traseiros maiores. Pensámos que o BoP seria suficiente para compensar a nossa desvantagem estrutural, mas não foi esse o caso. Por conseguinte, foi necessário redesenhar parte do carro para o adaptar às novas dimensões dos pneus. Tivemos de deslocar o centro de gravidade do carro, alterar a distribuição das cargas aerodinâmicas, acrescentar uma asa traseira, produzir componentes mais leves, etc. As nossas simulações e as primeiras sessões de testes em pista mostraram que o carro tem melhor desempenho. Esperamos, portanto, ficar entre os primeiros sem nos aproximarmos do limite do BoP, com o mínimo de peso e o máximo de potência".

Comments


300.250.png
Pottenza Global Consulting
bottom of page